Pulmão

Os Pulmões

Um sintoma sério e não incomum da SAF é um a presença de  um coágulo nos pulmões, também chamado de embolia pulmonar. Coágulos nas pernas, braços e outras partes do corpo podem se desprender e  viajarem até os pulmões onde são conhecidos como embolia pulmonar. Elas geralmente são provenientes de uma trombose venosa profunda (TVP)

A TVP é o sintoma mais comum da SAF e aproximadamente 1 en cada 10 pessoas não tratadas para a TVP desenvolverão a embolia pulmonar.

A embolia pulmonar boqueia o fornecimento de sangue para os pulmões e isso é potencialmente perigoso. Os sintomas dependerão do tamanho do coágulo e podem incluir:

  • Falta de ar;
  • Respiração ofegante;
  • Cabeça leve (sensação de estar aéreo);
  • Sensação de ansiedade e nervosismo ;
  • Dor no peito, que pode piorar ao respirar;
  • Tosse com sangue;
  • Desmaio repentino

É muito importante receber atendimento o mais rápido possível, uma vez que cerca de 30% dos pacientes com embolia não tratada poderão vir a falecer. A boa notícia é que o rápido atendimento e o tratamento com anticoagulantes pode salvar vidas e diminuir as chances de novas complicações.

A SAF também pode afetar os pulmões de maneiras mais incomuns:

Hipertensão Pulmonar

Esta condição ocorre devido a alta pressão nas arterias dos pulmões .

As pequenas artérias do pulmão se estreitam e não conseguem transportar tanto sangue, fazendo com que a pressão aumente. Na SAF, a hipertensão pulmonar é geralmente provocada por embolias pulmonares recorrentes e é MUITO rara, afetando cerca de 2 – 3% dos pacientes.

Falta de ar ou cabeça leve durante uma atividade é geralmente o primeiro sintoma. Com o tempo, os sintomas podem ocorrer quando a pessoa está simplesmente descansando e pode ser acompanhada de aceleração nos batimentos cardíacos. Outros sintomas podem incluir inchaço nas pernas e tornozelos, tonteiras, dores no peito ou pressão e cansaço. Muitas pessoas com hipertensão pulmonar percebem que seus sintomas são inconsistentes e têm dias bons e ruins.

O diagnóstico da hipertensão pulmonar deve ser confirmada por um cardiologista, pneumologista ou reumatologista.  Apesar de não existir uma cura para a hipertensão pulmonar, o tratamento de anticooagulação pode ajudar na prevenção de novos eventos e melhorar a vida do paciente. Há também uma série de medicações que podem ajudar a tratar os sintomas, incluindo suplementação de oxigenio e antagonistas de receptores endotelinos.

Hemorragia Pulmonar

Os pulmões são repletos de milhares de finas bolsas de ar chamadas alvéolos que são responsáveis pela inalação e exalação de oxigênio e dióxido de carbono, respectivamente. A hemorragia (sangramento) dentro dos alvéolos pode ocasionalmente ocorrer em pacientes com SAF, e os sintomas podem incluir tosse algumas vezes acompanhadas por sangue, febre e falta de ar. Se não for tratada, a hemorragia pulmonar pode provocar falência respiratória e até a morte.  O tratamento geralmente se inicia com altas doses de corticoesteroides e necessita acompanhamento especializado no hospital.

 

Fonte: http://aps-support.org.uk/about-aps/what-are-the-symptoms/lungs