Doenças Auto-imunes

O que são doenças Autoimunes?

O sistema imunológico produz o “exército” que protege o corpo humano dos invasores. A todo momento, nosso corpo é exposto ao ataque de inúmeros agentes infecciosos, incluindo bactéria, vírus, fungos e parasitas. Esses agentes infecciosos residem na pele, no trato gastrointestinal e na boca. Diante da invasão desses agentes, nosso sistema imunológico protege nosso corpo como forma de eliminar os invasores e lutar contra as doenças. Um sistema imunológico competente é essencial para levarmos uma vida longa e saudável; de fato, em diversas doenças hereditárias onde o sistema imunológico é deficiente,  ou alternativamente, em imunodeficiências adquiridas (como a AIDS), a pessoa afeta sofre uma série de infecções severas e, com isso, estão mais propensas a morrerem precocemente em decorrência de uma dessas infecções. Dentre as “tropas” do sistema imunológico, estão as células T linfócitos  que ajudam a identificar os invasores, algumas vezes, matando-os eles próprios, enquanto em outras ocasiões,  eles ativam outras células para fazer este trabalho. Estas, são chamadas células B linfócitos, que produzem os anticorpos que se unem aos invasores e os neutralizam e, células macrofágicas que podem praticamente ingerir os invasores, eliminando assim, os agentes infecciosos.

As doenças autoimunes são resultantes da atividade anormal do sistema imunológico. Seu significado é auto = reação própria imunológica, ou, em outras palavras, a atividade do sistema imunológico contra si mesmo.  Isso acontece devido a uma série de fatores, incluindo fatores genéticos e ambientais (inclui-se aqui os agentes infecciosos), a atividade do sistema imunológico é comprometida e, parte dela age contra si mesma. Há muitas doenças autoimunes, algumas são raras e outras são bastante comuns. Um exemplo é a diabete mellitus, que ocorre acompanhado de dano às células pancreáticas que secretam a insulina através das células T linfócitos. Hiper ou hipotireoidismo ocorre acompanhado de células ou autoanticorpos atacam a glândula tireoide. No caso da trombocitopenia imunomediada, os autoanticorpos se ligam às plaquetas (importantes para coagulação) e as guiam à destruição massiva, provocando baixa contagem de plaquetas e à diátese hemorrágica (tendência para sangramento sem causa aparente).

Uma das doenças autoimunes mais fascinantes é o Lupus Eritematoso Sistêmico (LES), onde ocorrem ambas as células do sistema imunológico e muitos autoanticorpos. Esta doença afeta mulheres nove vezes mais do que os homens, mais comumente em idade fértil e, pode ser caracterizada por uma série de manifestações clínicas, tais como: artrite, erupções cutâneas, dano renal, ulceras orais, fotossensibilidade, pericardite, pleurisia,  epilepsia e citopenia.

Os tratamentos para as doenças autoimunes incluem terapias não específicas para imunossupressão ou, em outras palavras, suprimir a atividade de algumas partes do sistema imunológico que agem contra si mesmo. Esses medicamentos incluem corticosteroides, ciclofosfamida, metotrexato, imunoglobinas intravenosas, ou anticorpos para citoquinas (que são secretadas de células do sistema imunológico e agravam as doenças), ou medicamentos alternativos que suplementam a deficiência provocada pela doença (p.ex.: insulina na diabetes, tiroxina no hipotireoidismo).

Fonte: The Antiphospholipid Syndrome – First Edition (Páginas 1 e 2)

Dr. Yaniv & Professor Yehuda Shoenfeld

Copyright © 2004 Yaniv Sherer and Yehuda Shoenfeld

Anúncios

3 comentários em “Doenças Auto-imunes

  1. Olá… Tudo bem? Tenho a síndrome Antifosfolípide também. Já tive 5 abortos e o que me ocorre é que antes de completar 1 mês de gestação já sei que estou gestante porque sinto uma queimação pelo corpo. Porém nunca vi ninguém relatar sobre isso…Vc tem alguma informação sobre o que pode ser essa queimação?

    1. Oi Gisele, boa tarde. Primeiramente, sinto muito pelas suas perdas. Com relação ao seu questionamento, eu nunca havia ouvido nenhuma grávida ter esse tipo de queixa. Entrei em contato com o meu ginecologista e ele também nunca leu nenhum artigo que mencionasse queimação nesse começo de gestação e ele disse que as pacientes que ele atende, também nunca se queixaram disso. As principais queixas são de enjoo, aumento das mamas e ganho de peso devido a retenção de líquidos. Desculpa não poder ajudar. Torço para esta gestação dê certo e vc finalmente tenha seu bb nos braços. att. Bia

  2. olá, gostaria de saber se quem tem SAF considerado uma doença cronica pois tenho sempre dificuldade m tomar a vacina da gripe e eu faço questão de tomar porque quando pego uma gripe não posso tomar nenhum anti inflamatório e assim a gripe acaba sendo um problemão e para me recuperar é outro problema.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s