A SAF e Doenças Autoimunes da Tireoide

A Autoimunidade da Tireoide e a Síndrome Antifosfolipide: Uma associação não tão trivial assim
Autora: Mathilde Versini
Publicado online em 21/07/2017
Resumo
A síndrome Antifosfolipide (SAF) é uma doença autoimune que se manifesta como tromboses venosas ou arteriais recorrenetes e/ou complicações relacionadas à gestação na com a presença persistente de anticorpos antifosfolipides (AAF), avaliados com pelo menos 3 meses de distância entre um exame e outro. A SAF pode ser uma condição primária ou como parte de uma outra condição associada, geralmente o Lupus Eritematoso Sistêmico (LES). De outro modo, a SAF pode frequentemente associada à doenças autoimunes. Pouco se sabe sobre a associação da SAF e dos anticorpos antifosfolipides com doenças autoimunes da tireoide ou com autoanticorpos tireoidianos . O que é mais interessante é que tanto os anticorpos antifosfolipides quanto os autoanticorpos tireoidianos são reconhecidos como causas de perdas gestacionais recorrentes. Desta forma, sua combinação tem uma importância ainda maior em mulheres em idade fértil. Diversos estudos já apontaram uma associação entre a SAF e a autoimunidade tireoidiana. Alguns estudos sugerem ainda que existem processos patofisiológicos comuns bem como histórico genético. Foi realizada uma revisão da literatura existente sobre os AAFs e a SAF e as doenças tireoidianas autoimunes, dando atenção especial à possibilidade da responsabilidade dessa associação em complicações obstétricas.

Palavras-Chave: Sindrome Antifosfolipide, Autoimunidade, tireoide, Tireoidite Hashimoto, Doença de Graves, Doenças Autoimunes

Artigo completo em inglês: https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC5519533/ acesso em 16/08/2017

Post Inspirador

Bom dia,

Eu sei que faz um tempinho que não publico nada no blog. É só falta de tempo.

Lendo o jornal hoje, encontrei uma reportagem que é bem interessante e, não sei se o que a paciente tem é SAF, mas, tem a ver com perdas gestacionais e uso de anticoagulante. Depois de 3 perdas gestacionais, hoje a moça tem 2 filhas e resgatou a sua autoestima através da participação em um projeto fotográfico. É óbvio que o jornal está divulgando o projeto fotográfico, e usou a história desta moça para promover o projeto, mas, na essência, é bom para quem tem perdas gestacionais provocadas pela SAF, ver que, apesar da dificuldade, se for a vontade de Deus, as mulheres conseguem engravidar. Espero que gostem do artigo.

http://g1.globo.com/…/era-um-pouco-de-esperanca-que-eu-perd…

Nova Pesquisa Associação Americana de Obstetrícia e Ginecologia

Uma nova pesquisa publicada hoje (08 de agosto de 13) pelo jornal oficial da Associação Americana de Obstetrícia e Ginecologia, descobriu que anticorpos antifosfolipides (AAF) podem aumentar a chances de gestação de natimortos de três a cinco vezes. FINALMENTE os pesquisadores encontraram evidências que comprovam que qualquer mulher que sofra partos de natimortos PRECISAM ser testadas para a presença de AAF. Este estudo foi realizado com base em mais de 2 mil pacientes. Logo, esta pesquisa será levada a sério. Ajudem a divulgar.

Link para o artigo na página de artigos do blog