Características Clínicas

Características Gerais
A síndrome de Hughes (antifosfolipide) ou SAF é caracterizada pelo aumento na tendência de tromboses, tanto nas artérias, quanto nas veias. A trombose pode afetar muitas partes do corpo e pode provocar perdas gestacionais recorrentes – para  mais informações sobre esse importante aspecto da SAF no panfleto Gravidez e Fertilidade.
Muitos pacientes com anticorpos antifosfolipides (aPL) na corrente sanguínea não sofrerão quaisquer efeitos colaterais, contudo,  os sintomas mais comuns são enxaqueca, fadiga, má-circulação (incluindo livedo) e problemas de memória.  Como a SAF é uma doença autoimune, não é incomum encontrar outras doenças autoimunes como hipotireoidismo, atrite, anemia ou lúpus em outros membros da família.

Tromboses – TVP
O membro mais comum a ser acometido por tromboses é a perna  – inchaço e  dor aguda, geralmente na panturrilha (batata da perna)¬ –  mas também podem ocorrer no braço. Isso ocorre de modo espontâneo ou pode ser causada por outros fatores como viagens longas, cirurgias e o uso de anticoncepcionais. O maior perigo de uma trombose é o coágulo se desprender e chegar aos pulmões.

Embolias
Coágulos nas pernas, braços ou pélvis podem se desprender e chegar aos pulmões, onde são chamados de êmbolos pulmonares. Um êmbolo pulmonar pode ser tanto dramático quanto perigoso, causando dor no peito aguda e repentina, podendo provocar dificuldades respiratórias, desmaios ou até mesmo a morte.

Pele e Circulação
A má-circulação é geralmente observada na pele como livedo reticularis (manchas arroxeadas na pele), mais comumente visíveis nos joelhos, coxas e braços. Em alguns casos, ele pode ser visível em todo o corpo. A má-circulação (especialmente onde houve uma trombose) pode ocasionalmente causar ulceração _ próximo aos pés_ na maioria das vezes. O aparecimento de hematomas também é bastante comum (particularmente em pacientes anticoagulados) e isto, às vezes, pode ser um indício de redução na taxa de plaquetas no sangue.

Cérebro
As manifestações clinicas da má-circulação sanguínea no cérebro variam desde enxaquecas, problemas de equilíbrio, perda leve de memória à convulsões e até mesmo derrames (AVC’s). Para mais informações sobre este importante aspecto da SAF, acesse a página específica para o cérebro.

Coração
A característica clássica de uma deficiência no suprimento de sangue no coração é a angina. Frequentemente provocada por exercício, estresse, ou até o frio. Geralmente são sutis e tendem a melhorar na SAF com o uso de anticoagulantes. Um problema cardíaco inteiramente diferente, algumas vezes visto na Síndrome de Hughes é um doença na válvula. Ocasionalmente coágulos se agregam às delicadas válvulas cardíacas provocando um mal funcionamento. Um tratamento efetivo de anticoagulação interrompe esse processo e cabe ressaltar a importância da eco-cardiografia para o diagnóstico precoce do problema.

Rins
Trombos ou espessamento do sangue nos rins e em seus vasos sanguíneos podem levar à hipertensão renal e ao mal funcionamento do órgão.

Olhos
A trombose nos vasos oculares podem causar perdas de visão significativas. Outras manifestações podem incluir perda parcial na visão e desorientação característica de enxaqueca.
Sangue
Alguns pacientes com a Síndrome de Hughes desenvolvem baixa contagem de plaquetas (por exemplo, 50 – 90mil _ a taxa normal deve ser superior a 140 mil plaquetas). A baixa taxa de plaquetas pode provocar facilmente hematomas e até mesmo sangramentos. É difícil perceber o sangramento como uma característica (rara) de algo que é essencialmente um problema de coagulação. Felizmente, a maioria dos casos responde bem ao tratamento com antiinflamatórios esteroides. Veja a página de Tratamento para mais informações.

Ossos e Articulações
A obstrução do fluxo sanguíneo à cabeça do fêmur pode danificar a articulação do quadril sendo denominada “necrose avascular”. Isso dificilmente ocorre em outras articulações.  Recentemente descobrimos que fraturas (no pé, por exemplo) podem ser observadas na síndrome _ possivelmente resultante da deficiência do suprimento sanguíneo para a área.

Gravidez
Na gravidez, o sangue é ligeiramente mais grosso. Portanto, não é surpresa que a SAF geralmente se manifeste ou seja diagnosticada na gravidez, infelizmente após uma série de perdas gestacionais. Gravidez e SAF são discutidas em outra página.

SAF Catastrófica
Muito raramente, uma série de trombos espalhados pelo corpo provocam sérios problemas ao cérebro, glândulas adrenais, pulmões e coração. Infelizmente, até o momento, as causas para a progressão repentina da doença (quase sempre em pacientes não tratados) permanecem desconhecidas, mas suspeita-se que em alguns casos, ela seja deflagrada por uma infecção.

Anúncios

2 comentários em “Características Clínicas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s