Identificado Gatilho para Doenças Autoimunes

11 de maio de 2017
National Jewish Health

Pesquisadores do National Jewish Health (grupo de pesquisa associado à Universidade do Colorado) identificou um gatilho para doenças autoimunes, como Lupus, Doença de Chron e esclerose múltipla. Essa descoberta foi publicada na edição de Abril de 2017 no Jornal de Investigação Clínica e ajuda a compreender o porquê mulheres tem maior probabilidade de sofrerem com doenças autoimunes do que os homens e sugerem um alvo terapeutico para prevenção de doenças autoimunes  em humanos.

“Nossas descobertas confirmam que Células B Associadas à Idade (ABCs) são responsáveis pelas doenças autoimunes”, disse Kira Rubtsova, PhD e instrutora de ciências biomédicas no National Jewish Health. “Conseguimos demonstrar que os fatores de transcrição T-bet nas células B são responsáveis pelo desenvolvimento das ABCs. Quando eliminamos esses fatores dentro das células B, roedores que eram propensos a desenvolver doenças autoimunes, continuaram saudáveis. Acreditamos que o mesmo processo aconteça nos humanos com as doenças autoimunes e, mais frequentemente em mulheres mais idosas”.

As doenças autoimunes acontecem quando o sistema imunológico ataca e destroi os órgãos e tecidos do próprio corpo. Dezenas de doenças autoimunes afligem milhões de pessoas em todo o mundo. Inúmeras doenças autoimunes, incluindo lupus, artrite reumatoide e esclerose múltipla atingem mulheres de 2 a 10 vezes mais do que homens. De modo geral, cerca de 80% dos pacientes com doenças autoimunes são mulheres e, não há cura para essas doenças.

As células B tem um importante papel nas doenças autoimunes. O time de pesquisadores do National Jewish Health, liderado pela diretora de Ciências Biomédicas PhD Philippa Marrack, já havia anteriomente identificado um subgrupo de células B que eram cumulativas em pacientes autoimunes  e em fêmeas roedoras mais velhas. Estas células foram denominadas de “Células B Associadas à Idade” (em tradução livre) ou ABC. Pesquisas posteriores mostraram que o fator de transcrição T-bet tem um papel muito importante no surgimento das ABCs.

Os fatores de transcrição se ligam ao DNA dentro das células e são determinantes para a expressão de um ou mais genes.Os pesquisadores acreditam que a T-bet aparece dentro das células quando uma combinação de receptores na superfície das células B – TLR7, Interferon-gamma e o receptor de célula B— são estimulados.

Através de técnicas de reprodução e genética, o time de pesquisadores eliminou a capacidade de expressão da T-bet dentro das células B de se manifestares em roedores com tendência à autoimunidade. Resultantemente, ABCs não se manifestaram e os roedores se mantiveram saudáveis.  Lesões nos rins apareceram em 80% dos roedores com T-bet dentro das células B e, em apenas 20% naqueles roedores que possuiam deficiência de T-bet. 75% dos roedores que possuiam T-bet nas células B morreram em 12 meses, enquanto 90% dos roedores com a deficiência sobreviveram por mais de 12 meses.

” Nossas descobertas, pela primeira vez, demonstram que não apenas as ABCs estão associadas com as doenças autoimunes, como na verdade, elas são as responsáveis por sua manifestação”, afirmou a Dra Rubtsova.

Desde sua descoberta em 2011, as ABCs tem atraido um interesse crescente. A Dra. Rubtsova e seus colegas no National Jewish Health expandiram sues estudos sobre as ABCs e tem estudado seu envolvimento na sarcoidose, pneumonia hipersensitiva e beriliose crônica.

 

Mais informações: Kira Rubtsova et al, B cells expressing the transcription factor T-bet drive lupus-like autoimmunity, Journal of Clinical Investigation (2017). DOI: 10.1172/JCI91250

Journal reference: Journal of Clinical Investigation

Leia mais em: https://medicalxpress.com/news/2017-05-trigger-autoimmune-disease.html#jCp

Fonte: https://medicalxpress.com/news/2017-05-trigger-autoimmune-disease.html

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s