Estudo relaciona Xarelto a Sangramentos no Estômago e nos Olhos

Oi pessoal, bom dia.

Estou compartilhando uma repoortagem traduzida e publicada no blog do Dia Mundial da SAF sobre o risco do uso do Xarelto, em pacientes normais. Esta reportagem serve de alerta para aqueles pacientes cujos médicos prescrevem Xarelto. Por favor, tomem cuidado. Se o xarelto pode provocar sangramentos no estômago e nos olhos em pacientes sem trombofilia, imagine as consequências do seu uso em pacientes com SAF.

Xarelto and Bleedings

Publicado por Michelle Llamas no dia 2 de julho de 2015 e arquivado nas Noticias de Litigios Atuais

Novos estudos podem levantar questões sobre a segurança  do sucesso de vendas da Johnson & Johnson, o anticoagulante Xarelto  –  mais notoriamente acerca da possibilidade de aumento nos sangramentos estomacais e hemorragias oculares.

No primeiro estudo, Drs. Judy H. Hun e John C. Hwang reportaram que  pacientes idosos (com idades entre 70 e 80 anos) que mudaram a medicação da varfarina (marevan, Coumadin) para Xarelto (rivaroxiban) sofreram “hemorragia vitrea” – um sangramento que ocorre entre a lente e a retina dos olhos – que foi confirmado através de exames.

Os pacientes que anteriormente tomavam varfarina, assim que  começaram a dimunir a dose e  a tomar Xarelto, os sangramentos começaram. Os médicos reportaram os casos na edição de junho do JAMA de Oftalmologia.

Em todos os casos, uma hemorragia vitrea aguda ocorreu um pouco depois que o tratamento com o rivaroxaban (Xarelto) começou. A hemorragia foi controlada espontaneamente e avaliações clínicas e angiográficas  não demonstraram quaisquer patologias oculares provocadas pela hemorragia”,  relatam Hun e Hwang em seu estudo.

Os autores também destacam que a medida que mais pacientes trocam a varfarina pelo Xarelto, os médicos devem estar cientes deste possivel efeito colateral e estar prontos para caso isso ocorra em seus pacientes.

Um segundo estudo, publicado na edição de abril do BMJ (Jornal Britânico de Medicina), mostrou que não era possível eliminar o maior risco de sangramentos no estômago, quando comparado com a varfarina.  O estudo coletou dados de cerca de 46.000 pacientes.

Os autores declararam que esses achados não são “inconsistentes com estudos prévios e não eliminam um aumento maior que 50% no risco com (Pradaxa) dabigatran e um risco duas vezes maior com o rivaroxaban (Xarelto). Gerentes farmacêuticos, seguradoras e fabricantes também podem usar esta informação para tomar decisões baseadas em evidências com relação ao grupo de pacientes que pode receber esse medicamento”, comentaram os autores.

Maior Risco de Sangramento em Pacientes Idosos

Em diversos estudos, foi evidenciado que pacientes com idade superior a 65 anos, sofreram a maioria dos sangramentos relacionados ao Xarelto.

Os resultados dos estudos apresentados na Associação Americana de Geriatria (AGS) durante o encontro científico atual de 2015, mostraram que 74% dos sangramentos ocorreram em pacientes com 75 anos ou mais  e, sangramentos fatais ocorreram em pacientes cuja idade média era de 82 anos.
Em 4 estudos em fase 3, novos anticoagulants, incluindo o Xarelto, aumentaram o risco de sangramento em 25%, quando comparados a varfarina. Apesar de no encontro, os pesquisadores terem elogiado a segurança desses novos anticoagulantes.

“As informações são baseadas em uma pesquisa observacional de 5 anos e reafirmam a segurança do Xarelto, inclusive em pacientes mais velhos, que possui um risco aumentado de eventos adversos, tais como sangramentos”, diz o investigador da pesquisa Dr W. Frank Peacock, diretor do departamento de pesquisa em Medicina de Emergência na Faculdade de Medicina de Baylor, Houston, Tx.

Suprema Corte vai identificar os Autores Principais dos julgamentos

Na Lousiana, o progresso continua na Litigação Multidistrital do Xarelto. Centenas de pessoas alegam que o Xarelto provocou sangramentos excessivos que levaram a óbito em alguns casos das ações movidas contra a Johson & Johnson e Bayer na Corte Federal. Outros 160 casos estão pendentes de procedimento nos tribunais da Pennsylvania.

Os advogados dos reclamantes da Louisiana e da Pennsylvania estão trabalhando juntos para que os processos tenham andamento.
“É bom ter ao menos uma alternativa se não em mais locais porque, como eu disse, um único juiz pode tentar julgar tantos casos”, diz a advogada Ellen Relkin, “Se tivermos ao menos um segundo juiz ou uma segunda jurisdição ou até mesmo uma terceira,  aumenta a possibilidade de levar mais casos à julgamento”.

Relkin, membro do comitê diretivo dos demandantes que supervision e coordena a troca de informações entre acusação e defesa, diz que espera que o número de casos cresça ainda mais a medida que o processo vá adiante. O grupo principal, de aproximadamente 300 casos está sendo analisado pelo Juiz Eldon Fallon, juiz conhecido por sua experiência em processos coletivos, incluindo o julgamento do caso vioxx. Agora, os advogados estão analisando os casos para selecionar cerca de 60 casos para serem eleitos como casos principais.

Fonte: http://www.drugwatch.com/2015/07/02/xarelto-linked-to-stomach-eye-bleeding/Acessado em 04/07/2015