Consulta e muitas dores

Na semana passada tive a minha consulta do  3o trimestre no Hospital Pedro Ernesto. Na semana anterior, fiquei preocupada com os resultados dos meus exames. Eles vieram super alterados, Meu C3 está acima de 300, o C4 bastante elevado, o TGO levemente alterado, CPK em 278 e a desidrogenagem lactica (DHL) estava em 680, quando o máximo para esse exame deveria ser até 480. Eu tinha certeza que boa coisa não poderia ser, ainda mais considerando a intensidade das dores que venho sentindo há algum tempo, o cansaço e a fraqueza muscular que em alguns dias me atrapalham até para segurar o garfo para comer ou ainda, de segurar o celular com apenas uma mão.  Minha coluna vem doendo muito ( não o sacro, que tem mania de sair do lugar e me deixar torta). Achei que estivesse voltando a ter crise de hérnia de disco. 
Fui a última a ser atendida. Mas como eu levei o meu tricot, nem me incomodei. Eu tinha certeza que a consulta seria longa. Quando entrei, descobri que o Dr. Roger não estava lá. Só estava o Dr. Flavio Signorelli e alguns residentes. Desta vez, quem me atendeu foi a dra Larissa. Muito boa profisisonal. Prestou atenção em cada detalhe, em cada queixa que eu fiz sobre as minhas dores.

Depois das queixas, ela minuciosamente fez o exame clínico. Viu que minha coluna está ruim. Ela fez uma manobra para ver o distanciamento entre as vértebras e guess what… De acordo com a medição, o espaçamento entre as vértebras está menor do que deveria ser, o que é traz um diagnostico de artrite na coluna. Em seguida, ela começou a testar outros pontos de dor e, sinceramente, esta foi a parte mais dolorosa da consulta. Meu quadril, meu sacro, meus joelhos, meus pés, a área do esterno (no meio do peito), a cervical… Tudo doia. Foram 9 pontos muito dolorosos, o que agora levantou também a suspeita de uma coisa chamada espondilo-artrite. Mas, novos exames incluindo uma eletroneuromiografia dos quatro membros e uma ressonância magnética (mais uma :S) da coluna. Mas mesmo que eu não tenha essa primeira parte da palavra (espondilo), só de ter artrite dói pra burro. 
Na consulta, eles viram que meu lupus resolveu me atacar de leve . Apesar dos exames especificos de lupus não dizerem coisa alguma, eu já suspeitava, por causa das dores nas articulações das mãos e por causa da queda de cabelo, que me fez voltar a ter que fazer o tratamento com laser da Dra Paula Chicralla. O tratamento já começou a dar resultado, mas não o bastante para que o Dr Flávio percebesse que estou com menos cabelo. Com relação ao tratamento com a Dra Paula, iniciaremos um tratamento com LED capilar e também estou tomando pantogar, um medicamento que é só para cabelo e unhas.Eu já percebi que o cabelo está com mais brilho e o fio está engrossando, o que para mim é novidade. Acho que desde a adolescência não tenho cabelos grossos. 
Para encurtar a história, sai de lá com duas noticias relacionadas às dores e um dever de casa. As notícias são: os exames mostraram que eu estou com uma inflamação nos músculos _ o que explica a minha sensação de ter sido açoitada_ e, não posso tomar antiinflamatórios para me ajudar 😥 E o meu dever de casa é fazer atividade física leve de 5-7 vezes por semana. A Dra Larissa disse que só fazendo tanto exercício eu vou ficar sem dor…Eu não sei como vou conseguir fazer isso. Já está dificil fazer natação 2x por semana, porque eu nado em piscina aberta e no inverno fica frio, aí eu nado e sinto dor, no outro dia, não consigo nem andar direito. Mas vou me esforçar. Preciso lutar com essa dor. Estou me sentindo péssima, velha, exaurida, estou dormindo super mal, acordo cansada, com muita dor nos pés… Em resumo, estou vivendo um pequeno inferno astral com essas dores.  E para completar a minha semana da consulta, fiz um tap na última quarta-feira e descobri que estava incoagulável. O INR ultrapassou 9. Estou com hematomas enormes e feios nas pernas…. Estou com vergonha de usar shorts.  Por quê? Só Deus sabe, mas pode ser que tenha sido por causa do tylenol americano que eu tomei na semana anterior por causa das dores. Tomei 2 por dia  porque eu fiz o favor de esquecer de comprar a novalgina… Depois de ficar 3 dias longe do coumadin, comer bastante salada e alimentos ricos em vitamina K, reduzi a dosagem pela metade e amanha faço um novo Tap. Vamos ver como fica…

 

 

 

Anúncios